Pesquisa personalizada

Páginas

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Shin Megami Tensei - Poké[De]mons!!!


Iaew pessoal!
Aquí estou eu de volta...Como disse no ultimo post de mês passado, eu não morrí, mas agora tenho que dividir meu tempo entre os meus estudos, meus cursos de computação gráfica e meus empregos como Designer Gráfico, WebDesigner e Game Developer...E se você é do tipo que não entendeu uma palavra do que eu faço, digamos que eu faça sites e crie jogos...

Mas enfim, fãns da série SMT, não me xinguem!!!
Nem me cacem na rua para me bater...
Isso pelo título, mas eu precisava me referir assim...
Logo logo, quem não entendeu, vai entender... Eu já planejava postar uma análise desta série em sí, mas recentemente descobrí que ela possui tantos Spin-Offs, e tem uns que são tão ruins e sem noções, que resolví me focar somente na SMT original.

Mas enfim, parando de ladainha, Shin Megami Tensei ( algo como A grande ressurreição da Deusa ) é uma série de RPG Cult Japonesa, tendo a maioria de seus jogos lançados somente no oriente. Para quem conhece, a série Persona é um Spin-Off de SMT.

Shin Megami Tensei tem seu enredo baseado em demônios, ceitas religiosas, unidos em um cenário moderno ou CyberPunk/DieselPunk.
Em todas os seus jogos, sempre envolvem alguma intervenção demoníaca que acaba gerando algum caos no mundo ( se não me engano, apenas o SMT3 que se passa em um "olho do furacão" ).

Mas, antes que pensem "Bah! Demônio! Capeta! UHULLLLL FROM HELL!!" ou "Ahhh Raphael seu mano-dus-capeta!!! Quer encapetar a gente", o jogo não tem as famosas bizarrices que costumamos ver em jogos que abordam este tema.

Por começar, como disse anteriormente ( a cor do post mudou? ) , se trata de um Rpg Cult. Os demônios que menciono não são exatamente os demônios que provavelmente se passa na mente da maioria das pessoas quando escutam esta palavra ( ou seja, "Us coisa ruim" ).

Os demônios de SMT são, demônios, Deuses e entidades de várias culturas, crenças e até folclore de todos os lugares do planeta, e tipos de spectros, zumbis e fantasmas. Por isso, não vá se espantar caso esteja andando em uma Dungeon, e acabe encontrando Ganesha.

Outra grande característica presente nos jogos da série, é a capacidade de conversar com os demônios, e até convencer-los de lutar ao seu lado por sua causa. Nem todos os demônios são mals por natureza, alguns possuem problemas, alguma dúvida ou até desejo em lhe ajudar ou lutam pela mesma causa de você. Basta convencer-lo do mesmo.
Por outro lado, é uma tarefa bem complicada. O jogo lhe dá uma liberdade de diálogo imensa, e normalmente, lhe oferecem três opções de resposta, uma positiva, uma negativa e uma alternativa. Por exemplo, se um demônio lhe pergunta "Você gosta de mulheres?" você pode responder tanto Sim e Não, como "Eu sou uma mulher".Isso é um exemplo. Demônios diferentes, diálogos diferentes. Capturando-os, eles poderão lhe dar itens preciosos ou até lutar ao seu lado ( entenderam o porque de Poke[De]mons? Entenderam a piada... =D )

Por outro lado, por se tratar de uma série Cult e parcialmente antiga, pode não agradar os Gamers mais atuais. O jogo segue o exemplo de Phantasy Star, mantendo o jogo quase que inteiro no estilo "Labirinto 3D".
Para a época, era algo muito inovador, mas hoje em dia, é meio ultrapassado, e às vezes irrita pelo motivo de você conseguir perder a direção fácilmente ( nas versões de SNES então, nossa... )

A visão muda apenas quando você está andando pelas cidades, onde normalmente o visual fica em topo, com um bonequinho andando pela cidade e apenas o mapa dela, como um GPS...

No entanto, como eu disse atrás, a série quase que inteira ficou no Japão. Somente o 3 ( PS2 ) e o Strange Journey ( DS ) foram lançados oficialmente no Ocidente. Um grupo de tradução traduziu os SMT 1 e 2 de Snes para o Inglês, mas infelizmente, esqueceram as versões de PsOne ( destaque para o If... que pessoalmente achei o mais interessante de todos... )

Para quem se interessar pela tadução e quiser experimentar o jogo em inglês para Snes, tá aí o site dos caras: http://agtp.romhack.net/project.php?id=smt

Lembrando: a tradução do SMT 1 é apenas para a Rom 1.0...
Não tentem jogar na versão 1.1...É estupidez ( eu fiz isso )...

E deem uma olhada no SMT If...
Existe um site com um "detonado", onde eles coloraram os diálogos do jogo em inglês. Ajuda a quem estiver interessado. Recomendo jogarem o 1 para entenderem a série, eu pessoalmente achei muito bom...Mas gostaria muito que o de PsOne fosse traduzido, devido a qualidade do Remake que fizeram...

Em breve, postarei uma análize dos jogos Persona, um Spin Off da série SMT...
Aguardem... =D


0 comentários:

Postar um comentário